12 de setembro de 2008

Convicções... Inseguranças...

Hoje, logo pela manhã, senti (como se não houvesse sentido antes...) o quanto a minha filhota está crescidinha...
Primeiro dia de aulas (porque ontem foram apenas as apresentações e "isso não conta mamã")...
De regresso ao uniforme do colégio, olhou-se ao espelho e disse "prego um susto ao medo"... Não!! Estava muito bonita, crescida, com um ar responsável...
Ao sair de casa (o papá foi levá-la ao autocarro), carrega a mochila às costas e diz " até logo mamã"... E foi aí... Foi aí que senti que a minha postura, as minhas palavras foram diferentes: como é habitual dei-lhe um beijinho, mas saiu-me uma frase diferente do que vinha sendo até aqui "não te esqueças de te portares sempre muito bem... a mamã ama-te muito". E lá foi ela rumo ao inicio do seu quarto ano.
Até agora recomendava sempre cuidado, atenção, educação, etc, etc.... Hoje senti que estas palavras tiveram uma conotação diferente... Como se não houvesse a necessidade de recomendar tudo o resto; como se tivesse a certeza de que naquelas palavras ela iria encontrar tudo o que queria transmitir sem ter que repetir o "discurso" de sempre....
Convicções?...
Inseguranças?...
Mãe e Filha!!!!

18 comentários:

Mrs. Sea disse...

Vai tudo correr bem...Não te preocupes!

Bjins

Cristina Arriaga disse...

Mrs Sea,
Vai pois!
São aquelas coisitas de mãe....
Beijinho
CA

Lisa disse...

Compreendo-te bem, amiga.

Esses sentimentos também estiveram em mim, presentes ontem.
É um misto de alegria, por as vermos crescidas e saudades de já não serem os nossos bebés.
O importante é tentarmos ser boas mães e criarmos crianças felizes.
Não tenho dúvidas que o és.

Bom regresso à escola para a tua nina.

Beijinhos

Lisa

Monique I disse...

Ai, ai... já imagino o dia em que estarei na mesma situação... elas crescem rápido, né? (suspiro).

Cristina Arriaga disse...

Lisa, Lisa,
Como me compreendes!!!!
Mas o importante é exactamente sermos boas mães e grandes amigas.
Tal como tu também és.
Beijinho
CA

Cristina Arriaga disse...

Monique,
Rápido? Não!!! Quase nem damos por isso.... A minha filhota tem nove anos e parece que ainda ontem gatinhava.... Mas não suspire: todos os momentos são de uma beleza indescritivel; sempre diferente - eu nao consigo dizer que gostei mais de uma fase ou de outra...
Beijinho grande
CA

Cátia disse...

Querida,

As maes têm alguma dificuldade em ver o crescimento dos seus filhos... Ainda ontem gatinhava, nao era? :D A verdade é que crescem, vao aprendendo... e as frases vao alterar-se muito... Daqui a uns anos ela vai querer começar a sair e tu algumas vezes nao vais deixar, depois vais dizer "nao venhas tarde" e ha-de chegar a uma altura que dizes "vens dormir?" eheh. Eles crescem e vao voando...

Sei que é com alegria que a ves ir, mas sei tambem que sentes cada vez mais a criar asas, o que te aperta o coraçao... Protege sim, está atenta, vai mimando... mas deixa que vá criando as suas asas...

Beijinho grande desta amiga que te acompanha de perto

Sónia Pessoa disse...

Isto de deixar os filhos crescer tem muito que se lhe diga... beijinhos e sê feliz!

OBSERVADOR disse...

Uma mãe que demonstre insegurança perante um seu descendente, está a prejudicar o seu (dele) desenvolvimento.

Anote isto como uma observação e não como uma crítica destrutiva.

Boa semana.

Bj

Carecaloira disse...

Nem sei o que dizer...
O que importa é que sejam felizes.

Beijinho
Marina

Cristina Arriaga disse...

Menina Cátia!!!!!,
Dormir fora??????!!!!!!!
Depois conversamos!!!!!!
Beijinhos, linda
CA

Cristina Arriaga disse...

Sónia,
Tem, não tem?!....
Vivendo e aprendendo!!!!!!!
Beijo
CA

Cristina Arriaga disse...

Caro Observador,
A sua observação "matou-me"!!!!!!
Eu sei!: eu sei que tem toda a razão... mas por vezes o coração fala mais alto do que a razão....
Beijinho
CA

Cristina Arriaga disse...

Obrigada Marina,

Beijinho grande para ti.

CA

Cátia disse...

Dormir fora, claro... Lá ha-de chegar o tempo, que pensas??! Já te esqueceste? Ups, acho que não é seguro dizer isto, pois nao?! Ainda bem que temos um ecran a separar... :P

A Patrícia ha-de agradecer-me um dia ;)
Beijinho grande

Cristina Arriaga disse...

Cátia, Cátia....
(sentes o tom ameaçador???....)
Beijinho
CA

OBSERVADOR disse...

Cristina

Nunca se deve "pensar" com o coração mas sim com a cabeça.

Bj

Cristina Arriaga disse...

Amigo Observador,
Consegue sempre? Deixa sempre o coração ao lado? Consegue utilizar sempre e apenas a razão?
Parabéns!! Eu não!!!!!
Bj
CA