29 de agosto de 2008

1 Semana...

Faz hoje uma semana...

A ideia de que tudo é um pesadelo continua, teimosamente, a prevalecer...

Mas a dor... a dor da realidade...
E os porquês... aumentam, aumentam.
Não há lugar para a fantasia... Apenas a realidade...

Uma semana...

7 comentários:

Brancamar disse...

Olá Cris,

É sempre assim, perguntamo-nos sempre porquê quando perdemos alguém, sobretudo se é muito novo, afigurasse-nos sempre demasiado injusto...e é injusto.
Estou aqui contigo para te dizer que percebo essa dor, é normal que te custe e possívelmente demorará muito a amenizar, terás o teu tempo de luto, mas também é verdade que há uma vida lá fora, outros que precisam de ti, como dizes, e concerteza que o teu amigo ficaria feliz de te ver junto desses outros, por ele deves partir para a vida...é lá que o encontrarás com toda a certeza, naquilo que ele foi e no que dele ficou em ti.
Mil beijinhos
Branca

OBSERVADOR disse...

Quando se perde alguém, a dor aperta.

Beijinho

Lisa disse...

Cris,

Que a dor que te consome a alma, pela partida do teu amigo, se transforme em doces recordações dos momentos bons que viveram juntos.

Fica bem.

Bom fim de semana

Beijinhos

Lisa

Armindo Guimarães disse...

Para além de manifestar aqui a minha solidariedade para com a Cristina, não preciso de dizer nada quando alguém já muito bem disse, como foi o caso da Brancamar.
E de tudo o que foi dito, permito-me, destacar a seguinte frase: “há uma vida lá fora, outros que precisam de ti, como dizes, e concerteza que o teu amigo ficaria feliz de te ver junto desses outros, por ele deves partir para a vida...é lá que o encontrarás com toda a certeza, naquilo que ele foi e no que dele ficou em ti”.
Foi a primeira vez que vim aqui.
E fiquei!
Abraços

OBSERVADOR disse...

Não, Cristina. Nem tudo é um pesadelo.
Embora a realidade nos tente arrastar para esse lado, compete-nos lutar com toda a nossa força.
Sem esquecermos quem parte, temos uma obrigação perante essa pessoa.
"Mostrarmos" o nosso sorriso.
Assim, quem parte descansa. Com o espírito e a alma iluminados.
E lá, onde estiver, retribui com outro sorriso.
Nunca se esqueça disto.

Um beijinho, Cristina

Paola disse...

Olá!

Cheguei aqui através do blogue da Sónia.

Sei que a vida é madrasta. Macabra, também. Mas é assim.

O tempo. acredita nele. O tempo resolverá todos os problemas. Vai, assim devagarinho. Um dia, depois outro e mais outro..

Um beijinho

sóniapessoa disse...

... os meus amigos são generosos... obrigada