24 de junho de 2009

Divagando


"Aquilo a que chamamos acaso não é, não pode deixar de ser, senão a causa ignorada de um efeito conhecido."
Voltaire

10 comentários:

Tite disse...

Eu também acredito que nada acontece por acaso.

Beijossss

Cátia disse...

E pensar que foi o "acaso" que nos juntou.....[e fica o silêncio]

Abraço apertado,
CA

CA disse...

Tia Tite,
Dá para sentir que não acredita mesmo!
Beijinho
CA

CA disse...

Querida Cátia,
Para o nosso "acaso" fica mesmo o silêncio... E já passou quase um ano... Aquela estrelinha...
Beijinho
CA

Tite disse...

CA,

Acho mesmo que estamos cá porque temos uma missão a cumprir e que tudo o que nos acontece não é obra do acaso mas do que temos que viver e nem controlamos mas... julgamos que sim.

Porque é que existe tanta gente na blogoesfera e nós só escolhemos alguns para nossos amigos mesmo os virtuais?

É por acaso? Não querida é porque tem que ser assim.

Beijosssss

CA disse...

Tia Tite,
Quão pobres seríamos se deixássemos que as nossas vidas ficassem à mercê do chamado acaso...
Beijinho
CA

Tite disse...

Acho que não estás a ver bem o que quero dizer.

Nós fazemos o que achamos correcto e como fomos educados para proceder. No entanto, nem a nossa compreensão entende porque razão vamos por um caminho quando queríamos e poderíamos ir por outro.

A isso chama-se o quê?

Brancamar disse...

Lindo pensamento que nos faz reflectir. Eu penso que a vida é um conjunto de várias circunstâncias, mas nunca um acaso...embora alguns a deixem assim um bocadinho ao acaso, por isso penso que o nosso empenhamento e o sentido que lhe damos é muito importante para a missão que perseguimos, embora não seja só a nossa vontade que a orienta, muitas vezes os factos apresentam-se-nos de formas muito variadas e sem os esperarmos, ora bons ora menos atractivos, é o que nos põe à prova e nos fortalece e faz crescer interiormente. No entanto não posso esquecer aqueles que vão completamente ao fundo, a maior parte deles desconhecemos porque normalmente não se encaminham ao encontro de ninguém. Que Deus os proteja. E olha sem querer já fiz um "testamento".
Espero que estejas bem e toda a tua família.
Desculpa a minha ausência, a vida tem sido uma luta de horários, mas creio que a partir de hoje terei um pouquinho mais de disponibilidade.
Beijinhos para ti e para a tua princesa.

CA disse...

Tia Tite,
Percebi, percebi...
Depois falo-lhe sobre o assunto (via mail, ok?)
Beijoca
CA

CA disse...

Querida Branca,
É sempre com muito gosto que a leio!!! Logo nunca é um testamento!!!
O acaso... Juntou-nos.... A tantos!!!
Beijinho
CA